PUBLICIDADE Supermercado Vendão
EDUCAÇÃO

Deputados pedem que governo reverta corte de salários de grevistas

A Comissão tenta intermediar a briga entre governo e educadores, que estão em greve desde 27 de maio.

27/06/2019 11h09 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Deputados pedem que governo reverta corte de salários de grevistas

Gazeta Digital

Os deputados estaduais que compõe a Comissão de Educação da Assembleia Legislativa (AL) intercederam junto ao governo do Estado para que o corte de ponto dos servidores da educação em greve seja revertido. O presidente da Comissão, Thiago Silva (MDB) entregou a carta com a solicitação ao secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, na terça-feira (25).

Além de Thiago, assinam a carta os deputados Valdir Barranco (PT), Sebastião Rezende (PSC), Dr. João (MDB) e Wilson Santos (PSDB). No documento, além do pedido para que o corte de ponto seja revogado, a Comissão solicita a apresentação de um cronograma emergencial para aprovação os aprovados no concurso, reforma nas unidades escolares em estado crítico, compra de materiais pedagógicos e período integral para todas as escolas do Estado.

A Comissão tenta intermediar a briga entre governo e educadores, que estão em greve desde 27 de maio. A última assembleia da categoria, realizada na segunda-feira (24), manteve a greve por tempo indeterminado e na manhã desta quarta-feira (26) a categoria protestou em frente à Secretaria de Estado Fazenda (Sefaz).

Outro ponto que foi cobrado, porém de forma amena, foi o cumprimento da lei de carreira da educação, assim como o pagamento da revisão geral anual (PGA). “Estamos trabalhando para buscar um acordo. Sabemos da situação do governo e das necessidades da categoria. Defendo uma proposta atrelada ao crescimento da receita”, afirmou o presidente da Comissão. (Com informações da Assessoria)

FONTE: Thalyta Amaral

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE