PUBLICIDADE Supermercado Vendão
NEGOCIAÇÃO

ALMT assume mediação entre profissionais de educação e governo para negociar o fim da greve no estado

Reunião entre representantes do movimento grevista e governo foi marcada para sexta-feira (31).

30/05/2019 10h34 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) assumiu a mediação nas negociações entre os servidores da educação que estão em greve desde segunda-feira (27) e o governo do estado.

Na terça-feira (28), representantes do movimento grevista se reuniram com os deputados, para que os parlamentares pudessem apresentar parte do que já foi negociado.

De acordo com o deputado Lúdio Cabral (PT), os professores apresentaram oficialmente aos deputados as pautas de reivindicações e o plenário acatou fazer a mediação entre governo e trabalhadores.

"A postura do governo era de confronto, ameaça de cortes e demissões. Entretanto, quanto mais rápido a greve for superada, melhor para todos", afirmou ele.

A presidente da ALMT em exercício, deputada Janaina Riva (MDB), disse que existem duas pautas em debate. Uma defende o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA). E a outra, o pagamento da recomposição do poder de compra dos profissionais.

"O que os professores querem é uma proposta, mesmo que não seja para o pagamento integral agora", comentou ela.

Como resultado dessa negociação, foi marcada uma reunião entre representantes do movimento grevista e o governo, para a próxima sexta-feira (31). Os deputados também devem participar.

FONTE: G1 MT

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE