PUBLICIDADE Supermercado Vendão
GREVE

Sintep define estado de greve nas escolas estaduais em Mato Grosso

Os dirigentes decidiram também suspender as aulas aos sábado, que não estão sendo pagas pelo governo.

24/05/2017 10h30 | Atualizada em 24/05/2017 11h55 140 acessos

Sintep define estado de greve nas escolas estaduais em Mato Grosso

assessoria/arquivo

PUBLICIDADE Skynet

O indicativo de greve na escolas estaduais foi aprovado, para o início do segundo semestre. A decisão foi tomada, ontem à noite, por representantede 99 municípios durante a assembleia geral do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso. Eles acusam o governo de "calote salarial e de direitos dos profissionais da educação pública".

O presidente do Sintep, Henrique Lopes do Nascimento, disse que a categoria exige "cumprimento do compromisso do governo nas negociações feitas junto ao Tribunal de Justiça e Ministério Publico estaduais, em 2016. Exigimos a realização de concurso público e a integralidade da lei da dobra do poder de compra" e ressaltou que, conforme estabelecido, o governo deve garantir o resíduo de 2016 (3,92%), acrescido a Inflação de 2016 (6,58%) mais o valor fixo da lei, que em 2017 é de 7,69%. E mais respeito à Lei de Gestão democrática que assegurou a eleição dos gestores no espaço da escola.

Os dirigentes decidiram também suspender as aulas aos sábado, que não estão sendo pagas pelo governo, e também um ato, em 16 de junho, para protestar contra o programa Ensina Brasil. A assessoiria informa que também foi aprovada participação no calendário de mobilização estadual, com greve geral unificada no próximo dia 29, participação nos atos nacionais que exigem ‘Fora Temer’, ‘Diretas Já!’ e não as reformas trabalhistas e da previdência.

FONTE: Só Notícias

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE