PUBLICIDADE Supermercado Vendão
EDUCAÇÃO BÁSICA

Candidatos têm até dia 15 de agosto para se inscrever no concurso da Seduc

Com salários iniciais de R$ 3.640,34 (professor), R$ 1.456,11 (TAE) e R$ 1.167,12 (AAE), todos para 30 horas semanais, o concurso público traz uma iniciativa inédita no país.

02/08/2017 09h04 | Atualizada em 03/08/2017 08h01

Candidatos têm até dia 15 de agosto para se inscrever no concurso da Seduc

Ilustrativa

Os interessados em prestar o concurso público para profissionais da educação básica de Mato Grosso têm até 15 de agosto para se inscrever. As inscrições, que começaram no dia 10 de julho, devem ser feitas somente pela internet, no site www.ibfc.org.br, pagando uma taxa de R$ 43 (nível fundamental), R$ 63 (nível médio) ou R$ 91 (nível superior). Todas as informações sobre o certame constam no edital, divulgado no Diário Oficial (veja aqui).

Ao todo, são 5.748 vagas disponíveis, sendo 3.324 para o cargo de Professor da Educação Básica, 1.496 para Apoio Administrativo Educacional (AAE) e 928 para Técnico Administrativo Educacional (TAE), além de cadastro de reserva de 50% do total de vagas.

As provas serão aplicadas nos dias 17 e 24 de setembro, pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), em Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Confresa, Cuiabá, Diamantino, Juara, Juína Matupá, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Rondonópolis, São Félix do Araguaia, Sinop e Tangará da Serra, em locais que serão divulgados em breve.

Com salários iniciais de R$ 3.640,34 (professor), R$ 1.456,11 (TAE) e R$ 1.167,12 (AAE), todos para 30 horas semanais, o concurso público traz uma iniciativa inédita no país, que é um processo seletivo com quatro fases eliminatórias para professores da educação básica.

No caso de professores, em uma dessas etapas o candidato terá que preparar e ministrar uma aula perante uma banca de examinadores. Além disso, haverá nota de corte de 5,0 pontos.

A proposta inovadora faz parte do Pró-Escolas, maior programa de investimentos em educação já lançado no Estado, e que visa à melhoria da qualidade do ensino nas escolas estaduais. A intenção, conforme o secretário de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Marco Marrafon, é continuar selecionando os melhores profissionais que a educação pública merece, além da valorização dos profissionais.

FONTE: Seduc-MT/Camila Cecílio

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE